A Escola Clássica: Bentham e Say

Ficha de resumo de parte do capítulo 8 do livro História do Pensamento Econômico, de Stanley L. Brue – História do Pensamento Econômico – Prof. Ronaldo Herrlein Jr.

JEREMY BENTHAM

  • Utilizou-se do utilitarismo, filosofia que se opõem ao hedonismo (busca pelo prazer) .
  • Princípio da Utilidade: aprova ou desaprova cada ação, de acordo com a direção que ela parece seguir para aumentar ou diminuir a felicidade de uma parte em questão.  Essas ações não são apenas as particulares, mas medidas do governo também.
  • Utilidade: propriedade de cada objeto, pelo qual se tende a produzir o benefício, a vantagem, o prazer, o bem ou a felicidade para uma parte cujo interesse é considerado.
  • O interesse da comunidade é a soma de interesses dos vários membros que a compõem.
  • Utilidade marginal decrescente:  o efeito da riqueza na produção de felicidade continua diminuindo enquanto a quantidade pela qual a riqueza de um homem excede à daquele outro continua a crescer.
  • Riqueza é uma medida de felicidade, mas tem uma Umg decrescente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s